Syndicate content

Brasil

O Rio Grande do Sul se veste de lilás pelo fim da violência contra a mulher

Andréa Brochier Machado's picture

Imagine a cena: você, mulher, sofre algum tipo de violência – física, psicológica, sexual, por exemplo – e vai ao Departamento Médico-Legal para fazer o exame de corpo de delito. Lá, machucada no corpo e na alma, você precisa dividir a sala de espera com a mesma pessoa que a agrediu. Enquanto isso, do lado de fora, a todo momento passam presos acompanhados pelas polícias Civil ou Militar.

Por que os governos deveriam se importar com a melhoria dos seus sistemas de pagamento?

Massimo Cirasino's picture

También disponible en español

Independentemente do estágio de desenvolvimento em que um país se encontra, seus governos fazem e coletam pagamentos tanto de indivíduos quanto de empresas. Recursos financeiros também são transferidos entre agências do governo. Esses fluxos cobrem uma ampla gama de atividades e setores econômicos. E, na maior parte dos casos, a soma de todos os fluxos é significativa – normalmente variando entre 15% e 45% do PIB.

Após duas décadas, ainda não estamos falando o suficiente sobre sexo

Keith Hansen's picture

Also available in English, Spanish, French

 

 

À medida que a atenção do mundo se volta para a Conferência Internacional sobre AIDS, realizada esta semana, em Washington D.C,  vale a pena destacar  o importante trabalho realizado pela América Latina e o Caribe (i) na abordagem do HIV/AIDS (i).

Nas duas últimas décadas, a região aumentou de modo significativo o nível de debate e de conscientização sobre esse tema, desenvolvendo  estratégias nacionais contra o HIV/AIDS (i),  integrando respostas à epidemia aos sistemas de saúde e garantindo  uma conscientização quase  universal sobre os fatores de risco para transmissão do HIV. Mas ainda não estamos falando o suficiente sobre sexo.

 

Brasil: Redefinindo o reassentamento para enfrentar os desafios urbanos

Fabio Pittaluga's picture

Pelourinho, Salvador de Bahia

Não é segredo que o Brasil está passando por uma espécie de “renascimento”. Após décadas de grandes dificuldades econômicas marcadas pelo estigma de uma profunda desigualdade e exclusão social, o País emergiu como uma potência econômica regional e global .

No entanto, a sustentabilidade dessa dinâmica demanda e continuará a demandar investimentos substanciais em infraestrutura. Este aspecto é particularmente verdadeiro nos espaços urbanos brasileiros – especialmente nas megacidades e em um crescente número de áreas metropolitanas e distritos menores, porém importantes – onde vive mais de 80% da população do país.