Syndicate content

#LACfeaturegraph

Concurso de blogs: uma oportunidade para nos contar a sua visão sobre a pobreza e desigualdade

Oscar Calvo-González's picture
Also available in: English | Español | Français

Você é um estudante ou jovem profissional apaixonado por dados e pelo desenvolvimento? Você se interessa pela pobreza e desigualdade na América Latina e no Caribe (LAC)? Então, este concurso de blogs é para você.

LACfeaturegraph Blog Contest

Leitores frequentes deste canal já sabem que temos um blog periódico - #LACfeaturegraph – que ressalta algum dado particular do nosso portal LAC Equity Lab e analisa temas críticos sobre o desenvolvimento da região. Esta é a sua oportunidade de ser parte desse esforço. Agora você também pode escrever um blog que trate de alguns desses temas, usando os dados do LAC Equity Lab. Por meio deste concurso, estamos buscando um blog original, bem escrito, no qual você compartilhe a sua perspectiva sobre os temas de pobreza e desigualdade na região, além de recomendar ações de políticas públicas plausíveis.
 
A proposta do ganhador deste concurso será publicada como parte da série #LACfeaturegraph. Além disso, em uma data após o concurso, o ganhador terá a oportunidade de visitar a sede principal do Grupo Banco Mundial em Washington D.C., participando de um evento sobre pobreza. Receberemos posts para o concurso até 15 de junho de 2017.

Até que ponto estão todos jogando em condições iguais na América Latina?

Oscar Calvo-González's picture
Also available in: English | Español

Em menos de uma geração, a região da América Latina e Caribe (LAC) realizou grandes progressos para expandir a provisão de serviços públicos necessários para que as crianças sejam bem sucedidas ao crescer. As habilidades, a saúde e o conhecimento acumulados por indivíduos antes da fase adulta são essenciais para que encontrem trabalho, acelerem a mobilidade econômica e reduzam a desigualdade no longo prazo. O progresso observado na LAC engloba tanto o aumento do acesso a saúde e escolas quanto água encanada e eletricidade. No entanto, o progresso também foi desigual, tanto entre países quanto entre diferentes tipos de serviços básicos.

Hoje, as condições na América Latina são mais equitativas em termos de acesso à eletricidade, área na qual observa-se a maior redução no diferencial de cobertura. A Figura 1 abaixo mostra como o resultado típico da região (mediana) se compara com o país com o melhor nível de cobertura (marcado como o “melhor da classe”) em três serviços básicos para crianças. O foco em crianças torna possível determinar que qualquer diferença em acesso se deve principalmente a circunstâncias fora do seu controle. No caso de acesso a eletricidade, a mediana regional não apenas convergiu na direção do país com o melhor desempenho, mas ela agora atingiu uma cobertura de 99%.

As crianças têm duas vezes mais probabilidade de serem pobres do que os adultos na América Latina

Oscar Calvo-González's picture
Also available in: English | Español

A pobreza infantil tem caído constantemente na América Latina, mas ainda se mantém muito mais elevada que a pobreza entre os adultos. Em 2014, a pobreza infantil alcançou 36%, quase o dobro da taxa entre os adultos (19%; saiba mais aqui). O gráfico a seguir mostra que a pobreza vem caindo tanto entre os adultos quanto entre as crianças; porém, um olhar mais cuidadoso revela que a pobreza infantil diminuiu mais lentamente.